• Há três coisas no mundo que não merecem misericórdia, a hipocrisia, a fraude, e a tirania.

  • Alerta DFRF Enterprises (LION) Alerta GeoSOL

    Depois da zanga clara do Sr. Daniel filho no seu video (quase resposta aos blogs) o site Tenho Dívidas deu com a boca no trombone e alerta GeoSOL nega pesquisa mineral e nega qualquer ligação à DFRF. Veja toda a noticia aqui Tenho Dívidas. -> O alerta está em destaque na HOMEPAGE da Geosol.

    Entretanto já veio em outro video... desmentir e dar dito por não dito. A Geosol que ele alega é do Canadá(?), mas há video e PDF que implicitamente não refere Geosol Canadá. Além de referir que a Geosol é uma empresa brasileira. No seu site está claro A GEOSOL, com sede em Belo Horizonte, Brasil, é uma empresa globalizada que se tornou referência para as principais empresas de mineração em todo o mundo. (MAS NÃO ESTÁ NO CANADÁ COMO SE VIU EM IMAGENS PROMOCIONAIS E ALGUNS VIDEOS). Diz que é outra. Fruto de um outro trabalho (:P). Diz que a encomenda do estudo foi feito sim pelo "sócio".


    Como o mesmo já deveria estar a prever as nossas suspeitas avançou com "Mercado de Ações e Empresa Pública" -> mas tu ainda acreditas nisto?. Um dos exemplos, um dos videos - Video pertence a Geosol.

    Vide abaixo as alegações do Sr. Daniel Filho:

    DFRF Enterprises criou um projeto possibilitando pessoas a se tornarem membros da companhia e desfrutarem dos benefícios, dentre eles, contribuir com no mínimo $1000 (mil dólares) e ter um retorno de até 15% sobre o valor contribuído. O projeto #DFRF ENTERPRISES surgiu devido a segurança que esse protejo traz aos seus membros, através de uma propriedade (deverá ser ultra secreta! porque ninguém sabe, nem em prol da transparência.) na qual foi viabilizada uma pesquisa feita pela #GEOSOLestima-se que nessa propriedade exista 750 toneladas de ouro. Com 10% desse potencial a #DFRF conseguiu uma apólice de seguro gerando uma carta de credito de 3,5 bilhões de dólares (LEMBRANDO FORTEMENTE QUE TEM SEDE NOS BARBADOS, NÃO É CONHECIDA E SUA REPUTAÇÃO É QUESTIONÁVEL !ALERTA EM MALTA). 

    Como com esse valor a empresa não pode fazer  investimento, Daniel Filho, idealizador do projeto #DFRF, utilizou desse valor para fazer o referido seguro, e começou a capitalizar valores dos seus membros para assim alavancar 3x mais produzir ouro em Mali na Africa e comercializar na Flórida pelo dobro do preço(100%). Agora com 3,5 bilhões assegurados, ele poderá capitar recursos de seus membros e assegurar qualquer valor contribuindo limitando a 3,5 bilhões de dólares. 


    Gostaria de saber o que o SEC U.S. Securities and Exchange Commission pensa destas alegações..

    O Sr. Daniel já ficou sem um Lamborghini Murcielago AZUL em 2008, está em vias de perder o seu Lamborghini Murcielago dourado..... Devido as suas mentiras, lapsos e ataques de amnésia. 

    TODA A SUA LINHA ARGUMENTATIVA E JUSTIFICATIVA DO SEU NEGÓCIO É DESPROPOSITADA. Diz-se uma Empresa Humanitária (whatever that means) como se estivesse a fazer o negócio para os membros). Fala de África, acções humanitárias, mas compra carros dos mais caros que há, mostra toda a sua vaidade e arrogancia. Colocando essa teoria da ajuda humanitária Obbalube Foundation Corp longe do radar(?), mas na mira. Ligada a Obbalube Investment Corporation está Heriberto Candelario Pérez Valdés, mais conhecido só por Heriberto Valdés, é o Presidente do Banco Suíço Platinum Trust of Switzerland SA e também foi  President, Secretary Chairman da Obbalube Investment Corporation (empresa ligada scams do passado) exemplo Evolution Market, Cartel Sinaloa, Finanzas Forex.... Mais sobre as suspeitas do Cartel aqui pagina 2


    O site Fraude.pt diz "Ao pesquisar mais informações sobre esta empresa de fachada que foi criado de propósito para dizer que existe um Banco na Suíça, descobri que usaram uma antiga empresa de fachada que já tinham registada na Suíça, com o nome Realsearch AG, e mudaram o nome para “Platinum Trust of Switzerland SA. Desta forma, parece que foi criada em 1981, quando na realidade esta modificação foi a 04/04/2014."

    Relembrando: A DFRF diz pagar 15% ROI / Mês + bonus de 10% pela entrada de um novo membro promovido assim como + 10% de bonus dos ganhos desse membro(?) -> O Daniel só trocou um pouco o sistema só para ter uma Piramide Financeira diferente das outras... (but it does not make less ponzi). A empresa só sobrevive metendo mais trouxas na piramide, e é isso que não param de fazer. Se fosse como o Sr. Daniel diz "não precisamos de capital de fora" para que meter mais trouxa se o exponecial de entradas e o absurdo no ROI vai fazer essa mega piramide rebentar? Aqui faz o seu anúncio de DFRF Enterprises como Empresa Pública mas é só videos e bla bla bla, e só ele é que sabe.... e Daniel anuncia mais vídeos!!!!!! 


    Não obstante continuamos a espera. 




    Não é incomum para os fraudadores financeiros para procurar acotovelar-se com pessoas famosas ou implicar laços com eles como um meio de higienização do negócio de "oportunidades" supostos ou assentado nos seus próprios bona fides. Exemplos recentes deste incluem sediada na Florida esquema  Ponzi / racketeer Scott Rothstein, misturado com a elite e como seu esquema de fraude épica saiu de controle. A Telexfree, acusada de ter reunido centenas de milhões de dólares em um Ponzi- combinado e esquema de pirâmide direcionados em grande medida a brasileiros e pessoas que falam Português ou Espanhol, alinhou-se com o clube de futebol Botafogo no Brasil. Os resultados foram desastrosos. 

    Agora vem a palavra que Sann Rodrigues, uma figura em ambos os regimes de Telexfree e iFreeX, é visto em um vídeo no qual ele está dirigindo um carro. Isso por si só não seria incomum, em que Rodrigues previamente gravou um ou mais vídeos que colocá-lo atrás do volante de um passeio chamativo. Mas neste caso o passageiro no carro é Emerson Fittipaldi (que também esteve ao lado de Daniel Filho em alguns videos promo), a lenda do automobilismo brasileiro que ganhou a Formula One World Championship duas vezes e também é um vencedor por duas vezes da 500 Milhas de Indianápolis. Pessoalmente fiquei desiludido ver uma figura pública ao qual sou fã ser envolvida com essas empresas de natureza duvidosa.

    Rodrigues foi acusado pela SEC, em abril de 2014, com a fraude de títulos por seu suposto papel na enorme fraude Telexfree. Isto marcou a segunda vez que o SEC o envolveram em um esquema de fraude. O primeiro foi uma farsa 2006
    Universo Foneclub Corporation. Como Telexfree, Universo Foneclub supostamente tinha como alvo a comunidade brasileira.

    Em setembro de 2014, Galvin emitiu um alerta sobre iFreeX, outro "programa" associado Rodrigues. T-Mobile, a empresa de telefonia famosa, mais tarde disse que estava checando para ver se o seu material de identidade visual estava sendo mal utilizado por iFreeX.

    Precisamente como Fittipaldi terminou em um carro com Rodrigues não é clara. O evento Orlando parece ter sido organizado por uma empresa conhecida como DFRF, Daniel Fernandez Rojo Filho. Seu nome surgiu como parte do caso  Evolution Market Group/Finanzas Forex case in 2010.

    Queres mesmo entrar?

    O Ministro dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau, Mário Lopes da Rosa, no seguimento de uma noticia avançada pela agencia Lusa de Noticias "Descontrolo provocou produção «incrível» de passaportes privilegiados da Guiné-Bissau" publicada em 08 de Fevereiro de 2015, alegou claramente:"«Nós não temos nenhum cônsul na Flórida»" 

    O ministro guineense dos Negócios Estrangeiros referiu que está também a averiguar em que circunstâncias foi apresentado publicamente, em janeiro, um novo cônsul honorário da Guiné-Bissau na Flórida, Estados Unidos da América, que a tutela não reconhece, referiu Mário Lopes da Rosa, depois de questionado sobre o assunto pela agência Lusa. Apesar de alguns membros reclamarem desinformação do MNE, nenhum membro do Governo à data veio contradizer o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau, entidade responsável por estes temas!!! (só não vê quem não quer ver).

    Daniel Fernandes Rojo Filho "INTITULADO" o “chanceler” do Brasil nos Estados Unidos (alegando que foi nomeado pela ordem de Juscelino Kubitschek), foi um épico engano para promover o seu ouro de bobo.


    O engano de (cento e quantas toneladas??? Outro engano? sabemos que não! Não te pergutas a ti próprio onde estas mesmo a meter o teu dinheiro? Em um Banco na Suíça (Banco Platinum Swiss Trust é uma Empresa de Fachada!), yeah right, o que realmente acontece depois, videos do youtube não nos comove, e a ti?! Cento e quantas toneladas de ouro?) não compreendemos porque de tanta incoerencia.... Seguradora Accedium assume 100% das potenciais percas? Como é possivel isso? "A seguradora Accedium no Reino Unido usa uma caixa de correio, que qualquer pessoa pode ter. Basta ir ao site http://www.leo.co.uk/virtual-offices/all/148-leadenhall-st/ e subscrever um plano de escritório virtual. Já o registo nos Barbados, um paraíso fiscal usado por muitas empresas fantasma e burlões, foi criado para no entanto não existe nada que garanta que as apólices de seguro entregues aos membros da DFRF sejam verdadeiras. Na altura de reclamar, como é um paraíso fiscal, as vítimas nunca vão receber o dinheiro." <- aqui


    Tradução do post do El Vocero acerca da investigação do Doctorwhoper

    Doctorshoper - tenho recebido e-mails perguntando sobre DFRF. Temos também os Estados que recebem muitos e-mails alertando-nos sobre as pessoas que estão promovendo DFRF. Ao longo dos últimos 10 anos em www.doctorshoper.com investigamos esse tipo de empresa. Essas investigações foram descobertos e denunciados destes regimes. No entanto, porque o nosso arcabouço jurídico relativo a crimes financeiros é uma Campean obsoleto esta alegada esquemas para seu respeito. Como resultado dessas chamadas, encontramos a tarefa de investigar o que significava DFRF e quem são os arquitetos por trás do suposto esquema.

    Os resultados da nossa investigação jornalística são como se segue.

    DFRF Enterprises LLC da Flórida / Massachussetts oferecendo o que é conhecido como Filiação Limitada cujo investimento mínimo é de R $ 1.000. A pessoa por trás DFRF é Daniel Fernandes Rojo Filho (Brasil). Em 2007, Daniel Fernandes Rojo Filho foi um dos principais líderes da empresa do Evolution Market Group (EMG), incorporada no Panamá, que começou a operar várias páginas da web para atrair as pessoas a investir no curto prazo, com promessas de retornos extraordinários, e que, então, deu a aparência de ser um negócio inofensivo. O incauto que confiou as suas poupanças sem saber que acabam sendo parte de um complexo esquema de "lavagem". O dinheiro das drogas e fraudes financeiras, concebidos por empresários Daniel Fernandes Rojo Filho (Brasil) e Pedro Benevides (de origem Português), a quem uma relatório encomendado pelo Pentágono, nos Estados Unidos, onde ligada ao Cartel de Sinaloa. De acordo com um artigo publicado pelo El Diario de Mexico intitulado "Vincular o Chapo cartaz em raster Mundial Scam" Rojo Fernandes Filho e Benevides, juntamente com o espanhol que foi acusado pelas autoridades espanholas e do presente se limita a Espanha, Germán Cardona promovido pela pirâmides EMG de investimento fraudulento, conhecido como "esquemas de Ponzi" e com DWB Holding Company, com operações na Flórida, solicitou capital para usinas renovável inexistente. Tudo para ocultar o dinheiro do tráfico de drogas.

    Do lado civil do caso (Tribunal Distrital dos Estados Unidos Médio District of Florida Orlando Divisão Processo No. 6: 09-CV-1852-ORL-28GJK) fundos onde confiscos definitivos ordenadas por juízes contra Fernandes Rojo Filho e Benevides foram realizadas, incluindo relacionado tráfico de drogas, vários veículos a motor, incluindo um azul Lamborghini Murcielago com VIN # ZHWBU47598LA02961. Mas no aspecto criminal da investigação continua e ainda assim ambos são gratuitos.

    Usando o mesmo método de Bernard Madoff, ligada aos empresários Cartel de Sinaloa bilked dezenas de milhares. Na França sozinho há 82.000 afetados. Através de inúmeros transferências bancárias o dinheiro limpo das vítimas foi misturado com suja quase impossível rastrear a origem e destino dos fundos.

    O epicentro da manobra foi o estado da Flórida. Ele foi implementado entre 2007 e 2009 e foram usados ​​pelo menos 12 bancos, 62 contas bancárias e 29 empresas na Flórida, Panamá e Bélgica, incluindo o EMG, DWB Holding Company, Superior International Investments Corporation e Obbalube Investment Corporation. Com eles, pode ter sido lavados pelo menos 213 milhões dólares americanos, de acordo com dados oficiais recolhidos nos Estados Unidos. Fernandes Filho Rojo e Benevides são identificados como "componentes financeiros do Cartel de Sinaloa? Em uma investigação do Instituto de Análises de Defesa (IDA, por sua sigla em Inglês), por ordens do Comando do Norte, Departamento de Defesa, com base em o contrato DASW01-04-C-003.

    A face pública desta rede foi EMG, que usou o nome comercial Finanzas Forex. Em Puerto Rico este golpe teve o seu impacto como foram muitas vítimas que perderam dinheiro.

    Em Porto Rico o principal promotor da DFRF é Victor Guerrero de nacionalidade dominicana. Victor Guerrero foi trazido para Puerto Rico o esquema conhecido como Pools Riqueza International (WPI), conhecido como as piscinas de riqueza que está estimada em cerca de 7.000 famílias enganadas mais de US $ 60 milhões em 2007. Naquela época Victor Guerrero incorporada na Departamento de Estado de Porto Rico a entidade conhecida como recrutar para Wealth com o número 13964 corporação cujo objetivo era de Marketing de Rede. Em dezembro de 2007, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC.Case No. 6: 07-CV-1920-18KRS) interveio contra WPI, promovendo e vendendo um investimento que não foi devidamente registrado e que mais tarde provou era uma pirâmide de investimentos fraudulentos, conhecido como "esquema Ponzi" em vídeos promocionais postados em redes sociais por Victor Guerrero recebendo DFRF aparece em um evento realizado na cidade de Boston, sob o nome "Spirit of Boston? reconhecimento por ser um dos mais proeminentes líderes do DFRF. Nesta atividade Victor Guerrero aparece também se desculpando com Daniel Fernandes Rojo Filho, desde Guerrero alegadamente processou Filho por seu suposto envolvimento em Finanças Forex. Em 24 de fevereiro de 2015 o jornal O digital de Metro West Daily News, anunciou a apresentação de uma ação coletiva no Tribunal Superior de Middlesex, Massachusetts contra DFRF. A ação acusa a empresa DFRF perpetrar um bilionário de fraudes. Como indicado pelo advogado J. Evans Carter na demanda DFRF que está a promover um esquema de pirâmide. Segundo a denúncia, DFRF prometeu dois clientes Carter, que investiu 80 mil dolares e US $ 10 mil, respectivamente, a empresa, rendimentos de até 15% ao ano. Mas as receitas DFRF foram insuficientes para cumprir os pagamentos prometidos aos membros, segundo o processo. A ação acusa DFRF nove acusações, incluindo fraude, enriquecimento sem causa, conspiração civil e de violação da "Lei Federal Rico"

    Doctorshoper.com alerta os consumidores sobre esses tipos de esquemas de investimento de dinheiro tanto como o Gabinete do Comissário de Instituições Financeiras de Puerto Rico e Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos estabelecer essas bandeiras vermelhas.

    Produtos e profissionais financeiros que não estão registrados. Com poucas exceções, as empresas financeiras devem se registrar FICO, Commodity Futures Trading Commission (CFTC) ou na Securities and Exchange Commission (SEC) antes de vender algum tipo de instrumento financeiro para o público. Além disso, profissionais de finanças e de suas empresas deve se registrar com FICO, a SEC, ou o Financial Industry Regulatory Authority (FINRA), dependendo do tipo de negócio que a pessoa ou empresa estão envolvidos. É importante notar que qualquer investimento de dinheiro em um esquema que não está devidamente registrado, os consumidores não contar com uma instituição onde possam canalizar suas reivindicações potenciais. Os investidores podem saber se um produto, profissional da área financeira ou empresa está registrada chamando 787-723-3131 OCFI. Se pedirem dinheiro: Muitos destes promotores vão pedir as suas vítimas para dar-lhes o dinheiro e sem dar qualquer recibo. No passado, esse tem sido dada para os promotores de esquemas de pegá-los o dinheiro como um método de recuperação e / ou obter seus ganhos. Doctorshoper ve mais uma vez como as pessoas por ganância acreditam que alguém que vem com contos de ficar rico de forma fácil, vendendo sonhos insustentáveis. Recomendamos os consumidores que se abstenham patrocinar tal oferta e ter a coragem de denunciá-los. 

    Esta nota aparece na edição impressa de O porta-voz. 


    Doctorshoper.com entende que, na sequência da intervenção de coluna intitulada "Isso tem a ver com o cartel de Sinaloa", onde revemos o que entendi foi uma ilegalidade no registo da corporação na Secretaria de Estado de Puerto Rico. A incongruência entre a pessoa que apareceu como agente residente (Heriberto P. Valdez) e endereço físico levantou suspeitas. Note-se que através de artigos jornalísticos e legais, Heriberto P. Valdes foi intimamente ligado ao traficante líder Chapo Guzmán notório do Cartel de Sinaloa. Atualmente Chapo Guzmán está sob custódia das autoridades federais dos Estados Unidos.

    Se tu receberes algum tipo de aproximação por um representante da DFRF LLC em Puerto Rico deves denunciá-lo às autoridades competentes.
     
    Informação O porta-voz

    Vou mostrar um exemplo de negócio de ouro real, http://www.iamgold.com/ cotação aqui Forbes aqui, Iamgold no SEC Just saying...



    Meanwhile. DFRF at the Latest Filings Received and Processed at the SEC? none so far.


    5 comentários:

    Gostava apenas de fazer algumas perguntas:


    1 - Depois de toda esta investigação e evidências, qual foi a acusação formalizada contra o sr Daniel Filho?


    2 - Quando ocorreu o julgamento e qual a sentença aplicada ao sr Daniel Filho?


    3 - Num país cheio de recursos de investigação, como os EUA, o sr Daniel filho com certeza está preso, certo?

    Lince
    23 de março de 2015 às 15:55 comment-delete

    respondendo a um comentário deixado aqui. Tivemos de mudar o sistema por isso respondo por esta via: Escreve um utilizador com pseudónimo Lince:

    Gostava apenas de fazer algumas perguntas:

    1 - Depois de toda esta investigação e evidências, qual foi a acusação formalizada contra o sr Daniel Filho?

    R: a(s) acusações formalizadas que são do domínio público, estão já entregues as autoridades, não por nós.

    2 - Quando ocorreu o julgamento e qual a sentença aplicada ao sr Daniel Filho?

    R: Que tenhamos conhecimento nenhuma à data, nem sentenças nem julgamentos (em forma jurídica), sim investigações e não feita por nós. Como está mencionado e linkado, recolhemos, objetivamente links e referencias de outros sites de forma a compor e alertar, pessoas da nossa esfera geográfica. ESTAMOS A SER INVADIDOS POR PONZI IMPORTADAS DO BRASIL OU DIRIGIDA POR BRASILEIROS, não é por serem brasileiros se me faço entender, mas de facto não queremos BURLAS, PIRAMIDES, EMPRESAS MENTIRA. SABE O SE SE PASSA POR CÁ EM PORTUGAL? Se sabe, deverá perceber o porque..... E só o fazemos, quando necessário. E para mais se entender o enquadramento, é para alertar eventuais vitimas desta e de outras empresas com natureza, estranha, sistema "comercial" e a falácia da sustentabilidade quando pouco ou nada, tem base de fundamento. Genericamente são baseadas em vídeos, pfd's e spam nas redes com intuito de angariar novos membros a troco de $$. Não obstante nem todas terem um sistema clássico denominado #PONZI os mesmos não parecem longe de passar de forma muito pertinente de que se trata de uma burla, ou algo tão obscurecido que não vale nem a pena considerar um negócio sério (em todos os seus sentidos). Como está visível não falamos nem "atacamos com verdades ou algumas teorias" empresas com idoneidade, corpo e uma estrutura clara, modelo de negócio verdadeiramente sustentável

    3 - Num país cheio de recursos de investigação, como os EUA, o sr Daniel filho com certeza está preso, certo?


    Sabemos o que se passou com o Sr Daniel Filho, parcialmente. Buscar o exemplo dos EUA é irrisório.... O meu caro, não sabe de certeza quantos esquemas ponzi são apanhados nos states, mas não sabe quantos ainda andam a vender gato por lebre...

    Desculpem-me mas tudo nessa empresa, dirigida por Daniel Filho cheira a algum tipo de fraude. Maldito o dia em que me tentaram dar o golpe, via FB, uma conversa que não lembra ninguém... Nenhuma pergunta respondida objetivamente.

    Mas já agora que estou a responder. Coloco eu as minhas questões que me ocorrem no momento.

    Que credibilidade tem uma empresa que fala em membership, que o dinheiro vai direto para a Suíça, para os "cofres" da “Platinum Trust of Switzerland SA“ gerida pelo Heriberto Valdés outro piramideiro de renome! Afinal, de que vai esse negócio? Aguardo alguma entidade oficial nos EUA declarar a DRFR empresa pública, ou o SEC mandar isso tudo para o ar. Que eu tenha conhecimento ainda está a ser investigada, não pelo tema do Sinaloa Guzman, mas pelo tema PONZI pyramid

    mais um "enigma" http://dockets.justia.com/docket/massachusetts/madce/1:2015cv10670/168113

    eunaotoleroisto
    24 de março de 2015 às 14:20 comment-delete

    Outra pérola http://downline4life.com/dfrf-enterprises-rico-lawsuit-filed-in-massachusetts/

    eunaotoleroisto
    24 de março de 2015 às 14:39 comment-delete

    Investiguem sff:

    O homem por trás da GetEasy, e também da Goobets, bem como de inúmeros outros golpes surgidos nos últimos anos: Luiz Francisco Ribeiro Pinto (https://www.facebook.com/luizfranciscopinto). Fundador e mentor dos RAINMAKERS, este senhor sempre foi o boss da GetEasy; Tiago Fontoura nunca passou do testa de ferro.

    Capanga 1 do Luiz Francisco Ribeiro Pinto: Abdias Andrade (https://www.facebook.com/abdiasbandrade)

    Capanga 2 do Luiz Francisco Ribeiro Pinto: Fernando Marcelo Aragão (https://www.facebook.com/fernandomarcelo.aragao)

    Capanga 3 Luiz Francisco Ribeiro Pinto: Aline Riguetti (https://twitter.com/alineriguetti) (https://www.linkedin.com/in/alineriguetti) Irmã da esposa do Luiz Francisco Ribeiro Pinto. Esta senhora foi Diretora Financeira da GetEasy, e fala-se que neste momento tem uma conta bancária no Dubai, com mais de 100.000.000€ (cem milhões de euros). Esteve envolvida no golpe BBOM.

    Outro pormenor interessante a ser referido é a presença do Tiago Fontoura (convidado especial e palestrante) no grande evento realizado pelo golpe Goobets em Leiria (https://www.facebook.com/Goobets/photos/a.836251183084367.1073741829.798340356875450/901949543181197)

    geteasyana
    25 de março de 2015 às 12:23 comment-delete

    Al verdad que cuando salga la compania publica en wall street te callaras la boca pues la sec la auditara cada tres meses Dfrf es una enpresa seria el cual nos paga muy bien todo los meses aver que dices cuando suba a wall street

    carlos
    4 de abril de 2015 às 15:56 comment-delete

    Enviar um comentário

    Hashtags

    #JeSuisCharlie (2) #notinmyname (1) #OpCharlieHebdo (1) activist (4) alert (6) alerta (9) alerta fraude (19) Anonymous (1) antonio loios (4) arte (1) ativistas (3) banco (2) banqueamento de capitais (2) banyak (1) BBOM (1) Belgique (1) BES (1) boom (1) brasil (2) brazil (1) burla (6) caçadores de piramides (4) carlos costa (1) caso político (1) centcom (1) charlie hebdo (1) children (1) comunity (1) concept (2) contrato (2) copa (1) corrupção (4) crianças (1) crime (4) crise (2) crisis (1) cronica (1) cybercaliphate (1) daniel filho (3) DFRF Enterprises (4) direitos (2) direitos humanos (2) Documentary (1) economia (4) economics (2) educação (2) el (1) el chapo (2) escandalo (2) espanha (1) estado (1) Estado islamico (1) estado islâmico (2) ética (2) Europa (2) evasão fiscal (1) Falciani (1) finanças (1) fisco (1) FMI (1) football (1) França (2) france (2) fraud (13) fraude (22) futebol (1) Germán Cardona (1) geteasy (9) Gildevan Ribeiro (1) go2up (2) Goldman Sachs (1) golpe (1) goobets (1) Goobets LLP (2) goup (2) government (2) governo (3) hack (1) hacktivist (2) Hernani Gonçalves (1) HMRC (1) Holstee (1) HSBC (1) HSBC Private Bank (1) human rights (2) humanidade (3) humor (1) idea (1) ifreex (4) igetmania (8) Internet (1) interpol (1) intolerancia (3) investigação (1) islão (1) José Sócrates (1) jovem (1) justiça (2) laudo (1) lavagem de dinheiro (3) lei (2) Lifecycle (1) london (2) Londres (1) madeira (1) madrid (1) malala (1) Manifesto (1) maomé (1) michael herzog (1) Misael Martins (1) mmn (1) moral (1) moralidade (1) morte (1) mouseland (1) mulher (1) Neteller (1) NOBEL (1) noticia (2) novela (1) Oliveira e Costa (1) one thor (1) online (1) ONU (1) organization (2) ouro (1) paraiso fiscal (1) paris (1) Passos coelho (1) piramidation (3) piramide (6) pirâmide (7) piramides financeiras (4) police (2) policia (2) polinesia (1) politica (5) política (1) politics (3) Ponzi (7) portugal (1) primeiro ministro (1) produção (1) production (2) promotor (1) pyramid (2) reação (2) Ricardo Salgado (1) Sanderley Rodrigues (1) Sann Rodrigues (2) scam (9) scammers (1) scheme (2) SEC. Securities and Exhange Commission (1) self-organising (1) slap her (1) structure (1) suiça (1) SwissLeak (1) tachoeas (1) tachoeasy (1) telexfree (5) terrorismo (2) tiago fontoura (5) tolerancia (2) transgender (1) Transparency International (1) transsexual (1) troika (1) twitter (1) Universo FoneClube (1) us now (1) viconcept (2) video (2) wingsnetwork (1) Ympactus Comercial Ltda (2) youtube (1)